Ismê Assessoria Imobiliária

Ismê Assessoria Imobiliária
Imóveis em Campinas - Barão Geraldo e Cidade Universitária - fone (19) 3289-4325

COMO AS ELEIÇÕES PODEM AFETAR O MERCADO IMOBILIÁRIO?

O brasileiro é um povo polêmico e adora um debate, talvez pelo nosso sangue latino, mas a verdade é que ninguém pode falar de religião, futebol e política que vira uma grande confusão. Como não entendo nada de futebol, respeito todas as religiões, prefiro falar de política, já que pra mim não faz sentido defendermos com unhas e dentes um dos congressos mais corruptos do mundo, mas isso não vem ao caso. O que interessa mesmo é que as eleições vão começar já já e isso vai afetar diretamente a nossa profissão, e claro, as nossas vendas. Todo mundo já percebeu que a nossa economia não vai bem, não entramos em recessão, mas podemos dizer que estamos um tanto estagnados, pois com um PIB tão baixo e a desaceleração da indústria, é um péssimo resultado para um país com tanta riqueza desperdiçada.
Não vou entrar em detalhes em quais candidatos você deveria votar, mas observo que o programa político “populista” não trouxe bons resultados a longo prazo, pois quando o país colhia bons frutos de um momento único de prosperidade mundial, no governo Lula, este dinheiro não foi alocado nos lugares certos, como infraestrutura e outros setores. E isso teve uma grave consequência, que estamos colhendo agora, pois o crescimento econômico baseado em consumo e crédito chegou ao fim e agora que precisamos de uma estrutura sólida para voltarmos a crescer, ela não existe. Esta herança caiu como uma bomba nas mãos da atual presidente e vai ser passada adiante para um futuro governante. E o que posso prever com tudo isso? 2015 será um ano difícil, e mesmo que tivermos boas escolhas na política, isso não vai mudar. Por isso pense e repense em quem você vai votar, pois precisamos de um modelo econômico e político inteiramente novo, que infelizmente, tratá resultados somente a médio prazo, pois a curto prazo, o cenário não é nada animador.

banner_curso_novo
A esquerda não aposta no crescimento econômico, mas no bem estar social, mesmo que isso seja uma falácia comprovada nos últimos anos, sabemos que o bem estar social entra em conflito com o desenvolvimento econômico de um país. Principalmente em um país que não usufrui de infraestrutura básica, como baixas taxas de saneamento básico por exemplo, então imagine o setor energético, hidrovias, estradas e ferrovias? Então me responda, como pensar no bem estar social sem uma infraestrutura mínima? É possível? Crescer de maneira sustentável sem uma economia pujante? Ser uma economia pujante sem infraestrutura? Sim, somos filhos com uma herança maldita, de um pai que só pensava no presente e chegou a hora enfrentar a realidade, por isso te peço, na hora de votar, pense no coletivo, na nação, em virarmos uma nação rica, pois não existe distribuição de renda sem riqueza. Fuja de planos de governo que nunca deram certo, fuja de políticas assistencialistas que deixam o povo pobre e os políticos mais ricos. Você é um empreendedor, um autônomo, um empresário, então aja como um, escolha pessoas iguais a você, trabalhadoras, que lutaram na vida, prontos para gerar riqueza e sempre em busca da felicidade.
Para ter uma noção melhor de como o seu setor (mercado imobiliário) funciona e assim aumentar os seus resultados, conheça o curso online Segredos do Mercado Imobiliário.
Agora, claro, coloque nos comentários em quem você vai votar, e porque?