Ismê Assessoria Imobiliária

Ismê Assessoria Imobiliária
Imóveis em Campinas - Barão Geraldo e Cidade Universitária - fone (19) 3289-4325

COMO O CORRETOR DE IMÓVEIS PODE FAZER UM BOM PLANO DE NEGÓCIOS

Um bom plano de negócios para corretagem deve ter objetivos claros, ser bem específico e cirúrgico em suas metas. Afinal, é este documento que irá guiar suas atividades e dar um norte para sua atuação no dia a dia.
Confira no post de hoje as qualidades que um bom plano de negócios para corretagem deve ter:
Uma missão
Por que você está neste mercado? O que você deseja conquistar? O plano de negócios é o “como ?” e você só consegue responder isso quando sabe exatamente o “porquê”.
Uma análise swot
Forças, fraquezas, oportunidades e ameaças compõem a análise SWOT (em inglês, strengths, weaknesses, opportunities, threats). É importante fazer esta avaliação antes mesmo de começar a escrever as outras seções do seu plano de negócios, pois é através dela que vai conseguir definir como o restante da sua estratégia deve ser.

Planejamento de tecnologia
Por muitos anos, o planejamento de tecnologia não costumava fazer parte de um plano de negócios. No entanto, em uma realidade em que a integração de ferramentas e os recursos tecnológicos utilizados se tornaram parte vital para qualquer tipo de negócio que envolva vendas, o panorama mudou.
Um bom plano de negócios para corretagem deve prever na parte de planejamento de tecnologia, pelo menos, a criação de um site, uma estratégia de marketing digital, comunicação via e-mail, e-mail marketing, alertas e tecnologia móvel.
Simplicidade
Corretor de imóveis se seu plano de negócios for muito complexo, será muito mais complicado colocá-lo em prática. Concentre-se em desenvolver inicialmente apenas os objetivos-chave. Não tente complicar demais e querer fazer tudo de uma vez, assim você acabará não conseguindo executar nada direito.
Plano de execução
Um plano de negócios para corretagem deve ser executável. Todos os seus itens devem prever as ações viáveis que serão feitas para torná-los realidade. É importante que toda a execução dependa exclusivamente do seu controle. Desejar que as taxas permaneçam baixas, por exemplo, é algo que não depende de você, logo, não deve constar no seu plano de negócios. Você não pode controlar, por exemplo, quando os preços dos imóveis devem subir ou descer, mas pode gerenciar quantos e-mails de prospecção pode escrever por dia.
Capacidade de mensuração
Um bom plano de negócios para corretagem é aquele que é específico o suficiente para ser mensurado. Não apenas cite desafios como, por exemplo, “conquistar mercado no bairro X”, mas cite os desafios e descreva o que você vai fazer para superá-los da forma mais específica possível. Ou seja, em vez de escrever “mostrar às pessoas como comprar sua casa própria”, coloque “realizar três seminários com o tema ‘como comprar sua casa própria’ no auditório do centro comunitário do bairro X no final de 2015”. Desta forma, você tem uma meta mensurável.
Além de seguir estes pontos, corretor de imóveis é importante ter em mente que não existe plano de negócios perfeito. Ele é um documento vivo, que evolui junto com você e com seus negócios. Não busque perfeição: foque na execução e boa sorte!