Ismê Assessoria Imobiliária

Ismê Assessoria Imobiliária
Imóveis em Campinas - Barão Geraldo e Cidade Universitária - fone (19) 3289-4325

QUERO SER CORRETOR DE IMÓVEIS: QUANDO POSSO TIRAR FÉRIAS?

Quero ser corretor de imóveis: quando posso tirar férias?
Você, que está pensando em investir na profissão de corretor ou que está começando a carreira, já sabe que o corretor é um profissional liberal que pode trabalhar como autônomo ou como prestador de serviço em uma imobiliária ou construtora. Esta liberdade que tanto encanta os entrantes do mercado imobiliário, ao mesmo tempo, acarreta muitas dúvidas e uma delas diz respeito às férias.
Diferente dos profissionais que trabalham regidos pela CLT, cujas férias estão entre um dos direitos garantidos por lei, o corretor de imóveis não conta com este benefício preestabelecido.
corretor-nao-tira-feiras
“Mas espera aí Guilherme, você está querendo dizer que o corretor de imóveis não tira férias?”, você pode estar se perguntando. Eu respondo: ao contrário, o corretor pode tirar as férias no momento em que achar mais apropriado, desde que para isso ele converse com a imobiliária, caso trabalhe com esta parceria. Assim sendo, é importante lembrar que cada imobiliária ou construtora conta com uma política específica de liberação dos corretores.

Diante disso, poderia terminar o nosso post por aqui. Afinal, a pergunta de hoje já foi respondida. Mas como o nosso papel é o de provocar novos comportamentos e promover uma verdadeira revolução no mercado imobiliário,  convido você a aprofundar comigo um pouco mais desta questão.
O resultado do corretor está diretamente ligado à sua produtividade, ou seja, ao seu trabalho. Ficar sem trabalhar significa não vender que, por sua vez, significa não receber, uma vez que a remuneração advém das comissões da venda. Desse modo, mais do que em outras profissões, as tão merecidas férias devem ser um objetivo programado e planejado, fazendo parte das metas estabelecidas pelo corretor.
Com isso, a disciplina é um elemento poderoso para conquistar o resultado esperado, pois ao mesmo tempo em que o corretor pode tirar  férias a qualquer a momento, ele pode também nunca ter a oportunidade de desfrutar deste benefício. Tudo vai depender das atitudes que o corretor vier a tomar.
Portanto, quando digo disciplina me refiro a um conjunto de ações que devem direcionar o comportamento do corretor de imóveis para que ele saiba equilibrar a liberdade que a profissão proporciona.
Isso envolve a dedicação de um tempo para fazer o seu planejamento, o comprometimento com o que foi planejado, a avaliação das estratégias executadas, a correção das falhas que surgirem no processo e até mesmo a readequação do que foi previamente delimitado.
Desta forma, o corretor de imóveis deve ter a compreensão de que os dias de descanso são fundamentais para recuperar as energias e retomar o trabalho com ainda mais disposição e empenho. Todavia, esses dias devem ser reservados para o momento favorável para isso, ou seja, quando os resultados estiverem positivos e as metas sendo alcançadas, pois como dito anteriormente, as férias devem estar entre os objetivos traçados pelo profissional.
Veja as férias como uma grande recompensa pelos seus esforços, pelo resultado positivo do seu trabalho. Aproveite bem a liberdade que a profissão de corretor de imóveis proporciona para inspirar novos comportamentos e atitudes. Faça desta liberdade a válvula propulsora para novos sonhos e projetos.