Ismê Assessoria Imobiliária

Ismê Assessoria Imobiliária
Imóveis em Campinas - Barão Geraldo e Cidade Universitária - fone (19) 3289-4325

10 DICAS PARA ESCOLHER UM PORTAL IMOBILIÁRIO




Existem literalmente centenas e milhares de portais imobiliários em todo o mundo, assim como existem muitos portais regionais no Brasil. Como corretor autônomo ou imobiliária você precisa escolher bem em qual deles vai anunciar. O que você deve levar em consideração quando vai investir o seu precioso orçamento de publicidade e marketing?



1. Sempre considere anunciar no portal mais influente e dominante do seu mercado

Caso você tenha condições de custear.  Porém dê atenção à forma como você anuncia, pois você precisa se destacar. Você não vai querer ser mais um na multidão, certo?

2. Procure saber onde os seus concorrentes estão anunciando

Você quer se juntar a eles ou tentar outra tática (e outro portal) para vencê-los?

3. Ouça seus clientes

Se eles são sempre pedindo para ter seus imóveis anunciados em sites específicos, não ignore-os.

4. Não perca o real valor de vista

Considere os custos da assinatura em relação aos pacotes que são oferecidos em cada portal. Leve sempre em conta: o tráfego do portal (número de visitantes únicos ao site e as páginas visitadas); o conjunto de ações de marketing que o portal faz; os relatórios e as análises que o portal oferece aos seus assinantes, e as opções de publicidade extras disponíveis que podem ajudá-lo a destacar-se dos seus concorrentes. Lembre-se, o mais caro pode não ser o melhor.


5. Entenda o seu mercado

Será que existe um melhor nicho de portais imobiliários focado para o imóvel que você está anunciando? Em todo o mundo existem portais imobiliários para mercados específicos como, por exemplo, aluguéis para temporadas, imóveis para estrangeiros, imóveis de alto padrão, aluguel de quartos pra estudantes, os quais muitas vezes podem lhe oferecer a oportunidade certa de selecionar melhor seus potenciais clientes.

6. Testar diversos portais imobiliários

Faça um teste utilizando vários portais ao mesmo tempo, anunciando os mesmos imóveis e comparar os resultados. Não caia nas promessas agressivas de marketing e vendas. Sempre pergunte pelos fatos e números os quais o portal tem a oferecer e entenda o que eles significam. Se parece ser bom demais para ser verdade, provavelmente é mesmo, então faça um teste primeiro.

7. Diversidade versus profundidade

Apesar de diversidade e amplitude online ser importante é também necessário considerar a profundidade da sua publicidade. Ou seja, caso possua um orçamento limitado você estaria melhor representado como um Assinante Premium em  2 ou 3 portais do que sendo um Assinante Padrão em 4 ou mais portais, onde estaria perdido na multidão.

8. Quão fácil é publicar seus imóveis no portal?

Você não quer passar todos os seus dias adicionando dados de imóveis no portal (a menos que seja uma rara atualização de um imóvel específico). O portal oferece uma opção de envio de dados por arquivos (feeds/XML)?

9. Quais outras ferramentas amigáveis ao consumidor o portal oferece como, por exemplo, integração com redes sociais?

Quantas fotos você pode carregar por anúncio? É possível inserir as plantas dos imóveis e os tours virtuais?  Também existem ferramentas disponíveis como mapas e apontamento de endereço?

10. Você gostaria de procurar um imóvel no portal que você está pensando anunciar?

Nunca perca de vista o ponto mais importante: um portal imobiliário deve ser fácil de usar, amigável ao consumidor e atraente. Se você não gosta de usá-lo, então um cliente provavelmente não vai gostar também.

Lembre-se, quando você estiver trabalhando com um determinado portal imobiliário, você deve monitorar frequentemente o seu desempenho no site, revendo as suas estatísticas semanalmente para garantir que está fazendo um bom investimento.